Novembro 2015 archive

A Voz Da Lusofonia: Francisco Costa

Francisco Costa é uma dos rostos do restaurante, “Trigo da Terra”. Este é um espaço dedicado à comida Vegan e portuguesa e, não só… As histórias, a música, a arte, tudo numa conversa bem interessante no Vidas Alternativas!  

A Voz Da Lusofonia: Jorge

Jorge é um cidadão nacional que reside no Brasil. Falou com António Serzedelo sobre as questões lgbt, a sociedade brasileira, a sua economia, a sua política  

A Voz Da Lusofonia: Margarida Martins

Margarida Martins, presidente da junta de freguesia de São Jorge de Arroios é a nossa convidades especial. Os projetos em curso, as dificuldades económicas, as dívidas e a cidade de Lisboa numa só voz, no Vidas Alternativas e na Voz da Lusofonia!    

A VOZ DA LUSOFONIA – ISIDRO DE SOUSA

Isidro de Sousa é o grande convidado da rubrica, “A Voz Da Lusofonia”. Militante lgbt, pioneiro no lançamento de revista gay nacional e escritor, Isidro de Sousa é um lutador de causas, é uma das vozes da comunidade gay nacional.  

Botequim Panorâmico 5

João labrincha em conversa com Pedro, um jovem empreendedor que falou sobre o projeto, Videopick.  

O Fedelho Exuberante pelo Dr. Beja Santos

OFedelhoExuberante-proposta-capa A 18 de novembro pelas 18 horas no auditório do Museu da Farmácia será apresentado o novo livro do escritor e ativista pelos direitos do consumidor o dr Beja Santos, “O Fedelho Exuberante”. Esta é uma obra editada pela Âncora Editora e de acordo com o autor é uma crónica do pós-guerra e uma …

Continue reading

Botequim Panorâmico4

Joana Jacinto falou aos microfones do Botequim e, falou sobre o seu projeto, “Lisbon Sustainable Turism”.

Botequim Panorâmico

João Labrincha entrevista, José oliveira sobre o TTIP (Tratado Transatlântico)

AS MUDANÇAS RÁPIDAS

As mudanças rápidas são frequentemente temporárias, mas o crescimento lento transforma-nos profundamente,quando achamos que “já chegámos”, paramos de avançar e até mesmo aqueles que conseguem o que acham que querem, precisam de continuar a “trabalhar” tanto quanto necessitam. Por tudo isto, a psicoterapia mais do que um processo é um relacionamento que implica antes de …

Continue reading

ADOLESCÊNCIA

Se existe idade em que a influência dos pais é importante,é após o estádio edipiano,dos 3 aos 6 anos,o periodo da adolescência entre os 14 e os 20 anos. Existem aliás entre estas duas situações certas analogias.Em primeiro lugar,dá-se um impulso libidinal do desejo.Na adolescência o desejo do outro exige a satisfação doravante fisiológicamente realizável.O …

Continue reading

ANSIEDADE / STRESS

A ansiedade é um problema psicológico que se pode manifestar num sentimento de insegurança ou medo, traduzindo-se na vivência de expetativa em relação a um estado afectivo relativamente a algo que ainda não aconteceu e que faz parte do futuro. Todos nós em algum momento das nossas vidas passámos por períodos de ansiedade, sem que …

Continue reading

COMO SE LIBERTAR DA CULPA?

A PSICOTERAPIA COMO MEIO LIBERTADOR E CURATIVO DA CULPABILIDADE DO INCONSCIENTE Num acompanhamento psicoterapêutico de um homossexual, o sentimento inconsciente de culpa, ou culpabilidade inconsciente, é uma noção psicoterapêutica nem sempre fácil de entender, pela existência de uma certa incongruência normativa, pois é difícil admitir a realidade de sentimentos inconscientes, o que se sente é …

Continue reading

NOTAS SOBRE O PROCESSO DE IDENTIDADE SEXUAL

A identidade é um mecanismo de elaboração intrapsíquica em que a essência de um objecto completamente diferenciado é criada -recriada no interior do próprio a imagem e semelhança daquele, sendo portanto assim que se organiza o ideal do Eu/Supereu pós-edipiano, herdeiro do complexo de Édipo. Margaret Mahler (1968) designa-o como um processo ou como resultado …

Continue reading

REAÇÃO À INFORMAÇÃO DE QUE SE É PORTADOR DE VIH

O drama do momento em que o sujeito é informado de que contraiu VIH é a queda, após um primeiro processo defensivo de negação,num estado de depressão! O drama do depressivo é o facto de, saudoso do que está distante, do remoto, não poder investir no presente, no recente, no actual. A sua prisão ao …

Continue reading

O SEROPOSITIVO E A AUTO IMAGEM CORPORAL

À representação do corpo sobrepõe-se, completando-a, a representação da pessoa, ou seja ao self corporal sobrepõe-se o self mental, isto é a representação global do sujeito,imagem do próprio, do todo pessoal somato-psiquico e social, composição do esquema corporal alargado quer à identidade própria quer à do papel social. Nos doentes seropositivos as alterações morfológicas que …

Continue reading