Projeto MGF, Não! cofinanciado pelos eea grants, com fundos da Noruega, Islândia e Liechenstein, geridos pelo Programa Cidadania Ativa da Fundação Calouste Gulbenkian

10687504_1507266166218839_7941704397441592190_o

O que é a Mutilação Genital Feminina (MGF)?

A Organização Mundial de Saúde define a MGF como, qualquer procedimento que envolva a remoção parcial ou total dos órgãos genitais externos da mulher (excisão/corte), ou que provoque lesões nos mesmos, por razões não médicas.

O ritual de iniciação das meninas (fanado) é uma prática cultural, realizada em algumas comunidades da Guiné-Bissau, que culmina com o “corte” – Mutilação Genital Feminina.

Porquê este projeto em Portugal?

Em 2011 foi promulgada a lei 14/2011 na Guiné-Bissau, que proíbe e criminaliza a prática da MGF, no entanto, apesar da existência desta lei, a MGF é ainda uma realidade na Guiné- Bissau, porque constitui uma prática cultural e social instituída, cuja erradicação passará sobretudo por um longo processo de mudança de mentalidades, assente na formação e no empoderamento, a diversos níveis, destas comunidades.

Apesar de não existirem dados estatísticos sobre a realização desta prática em Portugal, a Organização Mundial de Saúde, coloca o nosso país entre os países em risco no que diz respeito à prática da MGF, por este ser um país de acolhimento de imigrantes oriundos depaíses onde esta prática é perpetuada.

A luta contra a MGF é uma luta contínua e não pode parar enquanto existir uma única menina em risco, quer nos países de origem, quer nos países de acolhimento destas comunidades.

A luta contra a excisão (MGF) é da responsabilidade de todos NÓS, no caminho do desenvolvimento e pelos Direitos Humanos, e em particular pelos Direitos das Mulheres e das Crianças.

O que vamos fazer?

Ações de formação e informação sobre:

*  As consequências da MGF (excisão).

*  Desmistificação das justificações culturais, sociais e religiosas da MGF.

*  Formar voluntários contra a MGF.

*  Empoderamento da comunidade guineense residente em Portugal.

*  Apoio Social e Psicológico.

*  Rastreios de Saúde.

Objetivos do Projeto:

*  Envolver a comunidade na luta contra a excisão em Portugal e na Guiné-Bissau.

*  Solidariedade com a luta na Guiné-Bissau.

Com quem vamos trabalhar?

* Jovens;

* Crianças;

* Mulheres;

* Associações;

* Técnicos de Saúde;

* Professores;

* Autarquias;

* Diversas instituições;

* Etc.

Onde vamos estar?

* Vale da Amoreira – Concelho da Moita

* Quinta do Mocho – Concelho de Loures

Visualizar o nosso panfleto aqui

Contactos:

Tel.: 92 446 74 85

www.mgfnao.wordpress.com

mgf.nao@gmail.com

Projeto cofinanciado pelos EEA Grants (fundos da Noruega, Islândia e Liechtenstein), geridos em Portugal pela Fundação Calouste Gulbenkian, através do Programa Cidadania Ativa

Um projeto OGA em parceria formal com a LPCS

mgf_logo

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.